quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Gesto que enobrece quem o pratica:


Desde dois mil e dez que a campanha lançada pelo investigador Warren Buffett e pelo fundador da Microsoft, Bill Gates, com o nome The Giving Pledge (A Promessa Dar), a convencer as pessoas mais ricas do mundo a contribuir com parte das suas fortunas, pelas pessoas mais necessitadas, cerca de setenta bilionários já aderiram a este evento. 
Não são mencionados os colaboradores, a não ser Warren Buffett, Bill Gates, Mark Zuckerberg, Gordon Moore e, agora o Sul-africano Patrice Motsepe, quase que tenho a certeza que nenhum português aderiu ao evento. 
Alexandre Soares dos Santos gosta de criticar certos hábitos dos portugueses e diz-se benemérito, mas até o pacemaker que recebeu de borla do Estado, usa a crítica, mas não doou o seu custo ao hospital ou qualquer instituição de solidariedade. Temos por feitio receber do Estado tudo e nada contribuir. 
Diz o provérbio chinês: “quando a tua mão direita der algo a esquerda que não o saiba”. 
Mas, não vejo multimilionários portugueses a ter tão nobre gesto. Se fosse para receber mais benesses do Estado faziam filas. 
As grandes acções nascem dos grandes homens e Portugal é um país de raquíticos.     

Sem comentários:

Enviar um comentário