domingo, 30 de julho de 2017

Vai correr bem para a nossa terra:

É esta a sigla que o PSD usa nos seus cartazes de campanha para as eleições autárquicas de dois mil e dezassete. Para mim torna-se em publicidade enganosa. Senão vejamos: Que terra é essa em que tudo vai correr bem? Paços de Ferreira! Freamunde! Figueiró! Estou a mencionar estas três freguesias para dar uma ideia de qual é a freguesia que vai correr bem. Não seria mais lógico referirem-se ao concelho? Por isso é que digo que é publicidade enganosa. E vou provar isso.
Em trinta e sete anos de des(governo do PSD no concelho Freamunde foi sempre esquecido chegando ao ponto das pequenas coisas que tinha ser-lhes retiradas. Estou a referir-me à antiga Praça do Mercado.
“Monumento” com largas tradições foi mandado demolir para dar lugar a uma nova obra que só “viveu” vinte e poucos anos. Estou-me a referir ao Lago e à sua Fonte Luminosa assim como as Lojinhas e os Quartos de Banho. Também foram mandados demolir.
Mas se essa demolição fosse beneficiada com uma obra melhor. Mas não! Nem melhor nem pior. Com nada. Por isso volto a dizer que não passa de publicidade enganosa: “Vai correr bem para a nossa terra”.
Estou em crer que o mesmo não se passa com a freguesia de Paços de Ferreira. Lá é que tem sido o centro das atenções. Por isso sugiro que mudem a sigla e ponham em sua substituição: “Vai correr bem para Paços de Ferreira”.
Espero que pelo menos os Freamundenses saibam dar uma resposta condigna com o esquecimento que Freamunde passou durante os trinta e sete anos. E tanto valeu estar à frente dos desígnios da Câmara de Paços de Ferreira personalidades de Freamunde.
Há ainda outra coisa. Também Joaquim Pinto candidato do PSD à Câmara Municipal de Paços de Ferreira disse que ia tornar caso vencesse as eleições Freamunde uma referência na cultura. Qual referência!
Freamunde na cultura e em várias coisas já é uma realidade. Não precisa desse seu “esforço”. Precisa sim de uma Sala de Espectáculos condigna com os seus pergaminhos.
Tirando isso até digo: “Freamunde tem tudo menos comparação”.

Sem comentários:

Enviar um comentário