quinta-feira, 25 de maio de 2017

Um comentário de José Neves no blogue Aspirina B:


Um verdadeiro atentado à inteligência dos portugueses e uma nojeira de justiça à portuguesa todo o processo do “sucateiro”.

E pasme-se, o pobre diabo do sucateiro que chegou a empresário depois de um miserável trabalho de comprar sucata e ferro velho de porta em porta com um triciclo foi acusado de, calculem, “Associação Criminosa” por ter uma lista de contactos de clientes.
O BPN um verdadeiro ninho de ex-ministros e ex-secretários de Estado e outros altos dignitários do cavaquistão, incluindo o próprio, nunca nenhum magistrado, juiz ou procurador geral procurou ou alguma vez levantou a hipótese de que aquele grupo de assépticos banqueiros associados, fossem uma associação de criminosos pese levassem uma vida que, embora de fato de corte e colarinho branco, foi sempre mui dedicados a roubos de milhões. Milhões que estão calculados e contabilizados os quais os portugueses estão pagando.
Contudo, ao sucateiro, não há contabilização do roubo por um motivo; é que não há roubo nenhum. O roubo que houve praticou-o o MP sobre o país ao destruir uma empresa rentável que dava empregos e pagava impostos. O roubo inventado sobre um trabalho aberto visível e não obscuro, como no BPN, devidamente legalizado e registado do sucateiro “exemplarmente” castigado foi tão simplesmente o pretexto para caçar uns quantos socialistas graúdos e sobretudo contaminados com o pecado original de serem amigos do Sócrates.
E a grande piada é que sendo a lista de contactos a “prova” da “associação de criminosos” nessa lista só havia os contactos dos administradores de empresas amigos de Sócrates e nem um contacto, um único sequer, de um administrador amigo de cavaco ou do grande cavaquistão.
Quem são, o que já fizeram na vida e o que sabem da vida de negócios tais juízes, especialmente que sabem do trabalho duro insano de trolhas e operários que se fazem do nada até chegarem a empresários?
Pela ligeireza com que tratam uma lista de contactos de um empresário como sendo prova de “Associação de criminosos” topa-se logo que nada entendem da vida dos negócios e não só; não entendem nem fizeram nada na vida em prol da comunidade a não ser criar calos no cu com estarem sentados à secretária a julgar papelada.
Esta gente arrepia qualquer cidadão honesto.

Sem comentários:

Enviar um comentário