terça-feira, 26 de setembro de 2017

Demos cabo de ti ou não!

Há anos, era um jovem, e as festas hoje chamadas Sebastianas eram conhecidas por Festas da Vila. Nós jovens, como ia dizendo, aproveitávamos, o queimar da Vaca de Fogo para demonstrarmos toda a nossa virilidade. Havia um amigo meu que logo que o lume fosse chegado à vaca de fogo procurava um lugar abrigado para se proteger das bombas e bichas de rabiar que ela expelia. Outros meus amigos como eu enfrentávamos as bombas e bichas de princípio ao fim. Era a maneira de mostrarmos a nossa virilidade. Coisas de antanho.

Mas como ia dizendo esse tal meu amigo quando se apercebia que a corrida da vaca estava no seu término punha-se à frente da dita vaca agarrava nos cornos dela já queimada e dizia: Demos cabo de ti ou não. Sabes que os jovens de Freamunde são destemidos! Tudo isto vem a propósito de uma declaração de interesse de minha parte.

Há dias aqui na minha página do facebook escrevi um texto a declarar que o meu voto iria para José Luís Monteiro no que diz respeito à Junta de Freguesia de Freamunde, para Ricardo Pereira para a Assembleia Municipal de Paços de Ferreira e em branco para a Câmara Municipal.

Acontece que conforme as campanhas autárquicas vão decorrendo decidi tomar outra posição. O meu voto para a Câmara Municipal de Paços de Ferreira vai para Humberto Brito. E porquê? Porque entre os possíveis vencedores é o mais humilde. Não andou com panfletos anónimos. Não fez intenções de personalidade e respeitou sempre os seus adversários no que respeita a trato.

Ao contrário a campanha do PSD é arrogante. Usa todos os meios para denegrir o PS Concelhio, Humberto Brito, a Junta de Freguesia de Freamunde dizendo que Freamunde está mais sujo e cheio de ervas daninhas. Mas tiveram o desplante de no sábado passado trazer a Freamunde para fazer campanha a maior erva daninha que há em Portugal.

Freamunde a partir de sábado ficou mais sujo. Mas por coincidência ou por Deus no Domingo veio a chuva, embora pouca, mas deu para lavar essa sujidade. Quando assim é, eu como votante, faço a minha escolha. E já está feita como disse atrás.

Usei o intróito para depois não dizerem que caso Humberto Brito, ponho caso, ganhe e não cumpra as suas promessas tem-me à perna para o criticar. Assim depois não pode dizer que não tenho direito a fazer reclamações porque votei em branco.

Assim não uso o mesmo procedimento do meu amigo que depois de ver a vaca queimada disse: demos cabo de ti ou não!


Eu gosto de ser frontal.

Sem comentários:

Enviar um comentário