terça-feira, 19 de julho de 2016

Eu não sou da Capital do Móvel. Sou de Freamunde:

Com muito orgulho. Julgo que a maioria dos Freamundenses comungam da minha ideia. O que trouxe a Freamunde a Capital do Móvel? Nada! Aliás, trouxe em mil novecentos e noventa e nove desunião entre sócios do S. C. Freamunde. Aquela malfadada ideia de concordar com a publicidade à Capital do Móvel só trouxe discórdia aos Freamundenses. Arranjaram-se divisões entre associados, alguns dos quais, com provas dadas ao serviço do clube.

Vem tudo isto a propósito que passados treze anos essa fusão desfez-se e o S. C. Freamunde teve que regressar ao que criou a divisão: Capão à Freamunde. Ainda bem. Muitos foram apelidados de anti-freamundenses e na assembleia geral onde tudo foi decidido quase que houve confrontos físicos.

Ainda há alguns sócios que desde aquela data nunca mais viram um jogo do S. C. Freamunde mas continuam sócios com as quotas em dia. Somos bairristas e gostamos de publicitar o que produzimos e não o que a nós não diz respeito. E... logo a Capital do Móvel!

Como se esse slogan esteja acima de tudo no concelho. Poder pode. Mas nós Freamundenses remediamos sem esse slogan e logótipo. Aliás, ela só existe porque tem o amparo da Câmara Municipal.

Estamos habituados a ser surripiados. Mas como se usa dizer: tantas vezes que o cântaro vai à fonte que um dia deixa lá a asa. E, deixou mesmo.

Bem tentou o Sr. Presidente da Câmara a consciencialização entre os dois clubes de futebol. Mas em vão. Que façam um torneio triangular.

O S. C. Freamunde como clube digno de certeza que se justificou perante o V. S. Clube e o Boavista F. Clube.

Um apreço da minha parte à SAD e Direcção do S. C. Freamunde. Podem contar com o apoio dos Freamundenses.

Podemos ser pobres. Podemos ter vencimentos em atraso mas somos cumpridores. A prova disso é que há jogadores que deixaram o clube para ganhar mais quer em ordenados ou futebolisticamente mas passado pouco tempo à casa voltaram.

Não têm medo que o S. C. Freamunde tenha um, dois ou três meses em atraso. Como disse somos um clube cumpridor. Por isso repito. Não tenham medo das resoluções tomadas. Os nossos oitenta e três anos de existência diz bem da tempera que somos.

Sabemos que passamos por mil e uma dificuldades ao longo destes anos mas nunca mudamos de nome e de cor do equipamento.

Em frente que é o nosso caminho

Sem comentários:

Enviar um comentário