quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Comparar o incomparável:

É o que quer fazer Cavaco Silva, não o intitulo Presidente da República, porque para isso precisava de despir a camisola do PSD. Por isso o trato por Cavaco Silva, porque acho que é o pior Presidente da República, da República Portuguesa. Atrás, mas muito atrás, de Américo Tomás. Ao menos Américo Tomás tinha atitudes e frases mais certeiras que Cavaco Silva, tal como: "esta é a primeira vez desde da última que cá estive". Nada mais certeiro. Contra factos não há argumentos.
Cavaco Silva tem saídas pirosas mas de concreto não dizem nada aos portugueses. Só loadas e de pouca utilidade. Ainda ontem voltou a referir que será melhor um governo de gestão que um do Partido Socialista com o apoio do BE, PCP e Verdes. Como o pode dizer ou afirmar se Portugal nunca passou por essa experiência!
E, esta de chamar os banqueiros, para os ouvir, dá para se ver como Cavaco Silva é parcial e não tem como dizia todos os cenários estudados. Será que o voto dos banqueiros vale mais que o meu!
Depois vem dizer para os portugueses se manterem calmos e serenos porque as finanças estão a abarrotar de euros. Como nos podemos acreditar se há um ano e pico também creditou o Banco Bes e passados uns meses deu-se o colapso do mesmo.
Cavaco Silva não deve andar de bem com a sua consciência. Noutros tempos qualquer um que fosse contra as suas ideias era logo marginalizado. Hoje não. Quanto a mim, Passos Coelho tem-no na "mão". Senão Cavaco Silva não se prestava a figuras tristes. Diz e desdiz-se como a velocidade do som.
Então não compreende que a situação actual do País é muito diferente da de mil novecentos e oitenta e sete! É que em mil novecentos e oitenta e sete a Assembleia da República estava demitida pelo Presidente da República. Hoje não se passa o mesmo. O governo nomeado por Cavaco Silva foi censurado pela maioria dos deputados da Assembleia da República. Portanto foi demitido pelos partidos adversos à coligação PAF. E, até o PAN também votou contra o governo do PSD e CDS. Assim se vê que Passos Coelho nem o único deputado do PAN convenceu.
Quando assim é porque Cavaco Silva demora a dar posse a um governo liderado por António Costa. Tem medo do desmaio! Deixe-se disso Cavaco Silva.
O País está acima dos seus interesses. Olhe que com estas hesitações um dia mais tarde se isto der para o torto o senhor pode ser julgado por alta traição à pátria. Ganhe juízo.     

Sem comentários:

Enviar um comentário