terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Será que a tradição já não é o que era!

Vem este título a propósito de desde que me lembro quando chovia no dia da festa da Senhora da Conceição (dia 8 de Dezembro), no dia da feira/festa em honra de Santa Luzia (13 de Dezembro), ambas celebradas em Freamunde nestas datas, na festa/feira de S. Luzia estava sol e assim sucessivamente. Este ano no dia 8 de Dezembro esteve sol, ou dito de outra maneira, não choveu. Acontece que hoje dia 13 neste momento está um sol radioso.

Este ano tem sido um ano de fenómenos. Mesmo anunciando e desejando o “Diabo” o mesmo não dá sinal de vida. Primeiro era que a Geringonça não tinha pernas para a andar. Depois era que o Orçamento de Estado para 2016 não passava no Parlamento Português e nem em Bruxelas. A seguir era que no segundo semestre de 2016 a “Geringonça” ia pedir o auxilio aos “Pafiosos”. Aventaram as piores soluções para a Educação, Saúde, Segurança Social e demais ministérios. Também o Orçamento de Estado para 2017 não passava quer num Parlamento quer noutro. O que é certo é que o Diabo não dá sinais de vida. Até contam a seguinte história:

“Passos Coelho, Obama e o Papa viajavam juntos no mesmo avião, quando aparece numa das asas o Diabo com uma enorme serra e começa a serrar a asa da aeronave. Quando viram o Diabo ficaram apavorados, e o Passos Coelho vira-se para o Obama:
– Obama, você que sabe falar e argumentar como ninguém, convença o demónio a parar com isso senão vamos cair e morrer todos!!!
Obama foi até lá, conversou… conversou… e nada do demónio parar…
Obama voltou e implorou ao Papa:
– Papa, só o senhor nos poderá salvar… Ele não quer nem conversa… vai mesmo derrubar o avião !!!
O Papa foi até ao Diabo, usou de toda sua persuasão, argumentou o que pôde… e nada… Desistiu, voltou e resumiu a conversa:
– Não sei o que fazer… Estamos perdidos… Vamos rezar!!!
Foi quando o Passos Coelho se levantou e disse:
– Deixem comigo… Sou a última chance, vou tentar.
E lá foi ele falar com o Diabo. Mal trocaram duas palavras o Diabo parou de serrar a asa do avião… e desapareceu.
Obama e o Papa ficaram surpreendidos e perguntaram:
– O que é que você lhe disse?
– Eu apenas lhe disse: Companheiro… se eu morrer, vou formar governo no Inferno!”

Como se pode verificar Passos Coelho anda numa deriva. Nunca acreditou na faculdade de António Costa para negociador. A Marcelo Rebelo de Sousa intitulou-o de catavento. Marcelo Rebelo de Sousa não lhe dá importância. Passos Coelho tem os dinossauros do partido contra ele. Só o apoia os lambe botas. Por isso o referir-me que os tempos mudaram.

António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa trouxeram outros ares a Portugal. Respira-se melhor. Os portugueses andam sorridentes. Para a mais importante organização mundial é um português o escolhido para a dirigir. Até fomos campeões da Europa em futebol. Bruxelas confia em Portugal. Até diz que o anterior governo deu cabo de Portugal.

Não estou surpreendido por este ano não chover nem no dia da Senhora da Conceição nem no dia de Santa Luzia. Este fenómeno deve dever-se à “Geringonça”. Que continuem assim que os portugueses agradecem.

Para mau tempo bastaram os quatros longos anos do governo dos “pafiosos”.

Sem comentários:

Enviar um comentário