sexta-feira, 1 de julho de 2016

A Selecção Nacional de Futebol é como a Geringonça:

Parece que cai mas não cai. À minoria bem lhe dava jeito. A muitos comentadores desportivos e canais de televisão também lhes dava jeito para desbocar em Fernando Santos e Cristiano Ronaldo, a este era a vingança do microfone da CMTV. Mas parece que não vão ter esse prazer.

A Selecção Nacional de Futebol parece António Costa: sempre optimista mesmo nas situações mais adversas.

António Costa transformou uma derrota numa vitória e a Selecção de empate em empate lá vai até à vitória final! Oxalá que sim.

Para mim e muitos portugueses era ouro sobre azul. Para os detractores era péssimo.

O que iam dizer nos programas para que são convidados? Que se enganaram! Que não contavam que os jogadores e corpo técnico estavam tão unidos! Que estão a dar uma lição ao Mundo do que os portugueses são capazes.

Bem podem baixar o rating português que não nos deixamos abater. Isto acontece por que agora temos ao leme tanto na Selecção Nacional de Futebol, no Governo e na Presidência da República pessoas optimistas. Que tudo dão para unir os portugueses.

Não é como há tempos que estávamos à espera de D. Sebastião. Não! Os tempos agora são outros. Parece que caímos mas não caímos. E, se isso vier acontecer que caiamos de pé.

Sem comentários:

Enviar um comentário