quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Portugueses ingratos:


Há quem diga que não somos merecedores deste governo e desta maioria. E que é ingrato quem lhe faz crítica. Que não vemos que o que fazem é em prol do povo. Que devíamos estar caladinhos ou colher o ensinamento: Deus, Pátria, Família! Dizem que é meia dúzia de energúmenos que quer acabar com a liberdade de expressão. Que temos fraca memória e maneira de reconhecimento. Em lugar de louvarmos os deuses por tão bendita escolha pomo-nos a insultá-los com cânticos como o Grândola Vila Morena! 
Assim é dar ouro ao bandido como se diz na gíria futebolista, que é o mesmo, que pôr-se ao lado dos conspiradores. Estes senhores que lutaram afincadamente contra a ditadura não merecem esse tratamento. Devemos é abençoá-los. Onde se pode encontrar na história da democracia antifascistas como esta maioria este governo e como não podia deixar ser: Miguel Relvas.
Homem que sempre lutou contra as agruras da vida, subindo pelo próprio pulso, queimando as pestanas na luz do candeeiro a petróleo, para atingir o grau académico que hoje possui. São estas pessoas que valorizam o sentimento do ser português.
Quem é Salgueiro Maia, Ramalho Eanes, Mário Soares, Álvaro Cunhal, Capitães do Movimento vinte e cinco de Abril, Movimento de Estudantes do Maio de sessenta e nove e tantos outros que contribuíram para a democracia portuguesa à beira de Miguel Relvas!
Entendo que foi em boa hora que o PSD na voz do seu líder para- lamentar, Luís Montenegro, veio em socorro de Miguel Relvas. Não é que alude que o governo está proibido de governar e expressar-se livremente! Que a oposição devia vir em socorro do governo por tão mal tratamento! Que depois não ignorem o aviso. Que Isto não se faz a pessoas “dignas” como o tem demonstrado o governo e esta maioria.
Não se lembram das esperas a ministros de outro governo nas visitas para as quais foram convidados! Por onde andava o PSD, o CDS e os seus líderes parlamentares, Luís Montenegro e Nuno Magalhães? De certeza gostavam do que viam e ouviam. Ou são dos só querem sol na eira e chuva no nabal!              

Sem comentários:

Enviar um comentário